PELÍCULAS ANTI-VANDALISMO

As películas anti-vandalismo para vidros entraram de vez no mercado brasileiro. São dezenas de empresas que além das películas tradicionais estão oferecendo aos seus clientes um produto que promete aumentar o nível de segurança dentro do carro ou residências.


Essas películas podem ser aplicadas nos automóveis e também em residências. Sua principal função é criar um campo de força que dificulte a quebra do vidro, causando assim um retardo na entrada no ambiente vandalizado, em muitos casos o criminoso desiste e vai embora.


Dentre tantas opções fica difícil descobrir qual é mais adequada para cada caso. Vemos no mercado diversas marcas, tradicionais, inovadoras e economicas, porém o que deve ser sempre levado em consideração são as características técnicas dos produtos e o respaldo que estes devem ter por parte de laudos que atestem essas características.


Através de informações coletetadas nos sites oficiais dos produtos podemos comparar duas marcas de películas uma da ACE Laminados e outra da 3M.


A 3M é uma empresa que não necessita apresentação, mundialmente conhecida pela variedade de produtos inovadores e pela sua presença em diversos mercados no Brasil e em outros países.


A ACE é uma empresa recém instalada no Brasil com sede no Canadá, produz películas de uso militar, atualmente ofertada ao grande público. Suas películas são empregadas pelo FBI, CIA e embaixadas em mais de 40 países.


Analisando os dados técnicos da SCARL 600 da 3M e da S300 da ACE, podemos tirar algumas conclusões:


A S300 da ACE apresenta uma ótima resistência à impactos e um coeficiente de rasgamento duas vezes superior ao apresentado pela SCARL 600. O que seria o coeficiente de rasgamento? Isso quer dizer que a película da S300 precisa de uma força próxima à 1300kg para conseguir rasgá-la como se fosse uma folha de papel.


A superioridade da ACE também é notada quando analisamos a resistência à impactos. Em testes foi comprovada uma resistência de 25kgf/cm2, ou seja, quando instalada em vidros ela poderá suportar golpes extremamente violentos. Na SCARL600 a resitência apresentada fica em torno de 12kgf/cm2.


Através de videos postados na internet podemos ver a resistência da S300 sendo colocada em teste, em alguns casos suportanto até mesmo disparos de arma de fogo. Mesmo sendo fisicamente comprovado a resistência aos disparos o fabricante alerta que o produto não possui especificações de blindagem e nem pode ser utilizado como tal. Os testes com armas de fogo foram realizados em locais apropriados apenas para atestar a resistência do produto.